segunda-feira, 20 de junho de 2011

AMANHECERES

Ainda que tardio, pois dia 12 de junho já passou, um poema pra minha sweet valentine...

AMANHECERES

Ver cada nova manhã

por teus olhos,

é como escutar o gotejar

da chuva que cai.

É uma primavera

quente e abafada.

É lembrar que o amor

é como o gotejar da chuva que cai;

é como o escutar do gotejar dessa chuva que cai;

é como cada nova manhã vista por teus olhos;

é como a primavera quente e abafada.

O amor, para mim,

são os teus olhos

que é por onde eu gostaria de ver

cada nova manhã.

*para N., minha forever Valentine.

2 comentários:

  1. parabens seu amor voltou.

    ResponderExcluir
  2. Você parece ser um homem muito romântico.
    Bonito texto. Parabéns.

    ResponderExcluir